Polícia

Secretário diz que Lázaro ‘descarregou’ pistola em cima de policiais e tinha mais de R$ 4 mil no bolso

Serial Killer foi encontrado quando tentava contato com familiares

Secretário diz que Lázaro ‘descarregou’ pistola em cima de policiais e tinha mais de R$ 4 mil no bolso
Foto: Imagem ilustrativa

O secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, afirmou nesta segunda-feira (28), que Lázaro Barbosa descarregou uma pistola contra os policiais ao ser encontrado em Águas Lindas de Goiás, no entorno do Distrito Federal. O criminoso foi morto depois de 20 dias fugindo de uma força-tarefa com mais de 270 agentes.

Aos 32 anos, ele tinha uma extensa ficha criminal, fugiu três vezes da prisão e era acusado de diversos crimes. “Ele descarregou a pistola contra os policiais e não tivemos outra alternativa se não revidar”, afirmou Rodney.

Ainda segundo o secretário, Lázaro tinha R$ 4,4 mil no bolso quando foi encontrado pelos policiais. De acordo com Rodney, ele foi encontrado quando tentava contato com familiares que moram na região.

“Ele foi se encontrar com elas [ex-mulher e ex-sogra]. Ele chegou a ameaçar os policiais falando que daria tiro na cara. Fizemos o cerco e, além da arma, ele tinha R$ 4,4 mil no bolso. Isso é mais uma prova que tinha gente com ele dificultando o nosso trabalho”, afirmou.

Lázaro Barbosa foi atingido por vários tiros. Após ser baleado, ele foi levado por uma viatura do Corpo de Bombeiros para o Hospital Municipal Bom Jesus, mas morreu. Apesar da troca de tiros, nenhum policial ficou ferido. Chefe da pasta detalhou ainda que o criminoso foi socorrido com vida, mas morreu chegando ao hospital.


Comentários:

Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.