Polícia

Catador é confundido com traficante, tem casa invadida e é executado pelo BDM

Homem foi morto na frente dos filhos de 4 e 6 anos

Catador é confundido com traficante, tem casa invadida e é executado pelo BDM
Foto: Reprodução

Duas pessoas foram mortas após integrantes do Bonde do Maluco (BDM) promoverem um ataque contra seus rivais, a facção Katiara. Uma das vítimas, contudo, se tratava de um catador de material reciclável, identificado como Fábio Melo de Jesus, de 36 anos.

O trabalhador morava em uma casa que antes era alugada pelo traficante alvo do BDM, na localidade conhecida como Bolachinha. A vítima foi executada na frente dos filhos de 4 e 6 anos, que tentaram impedir que o pai sofresse, mas foram espancados pelos traficantes. As informações são do jornal Correio.

De acordo com testemunhas, o grupo apareceu na Rua Antônio da Cruz Pereira, onde aconteceu o crime, gritando que eram do BDM, jogando granadas e atirando para o alto.

Ao Correio, uma moradora disse que Fábio morava na casa há apenas uma semana, apesar de sempre ter morado no bairro de Valéria. Ela ainda contou que ele era usuário de drogas, mas não se envolvia com o tráfico.

Outra pessoa foi encontrada morta em na Rua Jardim Terra Nova, também morta por disparos de arma de fogo. Ele foi encontrado durante rondas realizadas por policiais, que foram acionados.

Participaram da ação o Batalhão de Choque, a Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE) Polo, a Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT) Rondesp BTS, Grupamento Aéreo (Graer) e a  31ª CIPM.


Comentários:

Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.