Polícia

‘Caso Atakarejo’: DHPP intensifica investigações do duplo homicídio

Novas imagens do circuito de câmeras de vigilância, de um supermercado foram encontradas

‘Caso Atakarejo’: DHPP intensifica investigações do duplo homicídio
Foto: SSP/Divulgação

Novas imagens de câmeras são analisadas e laudos periciais complementarão as apurações. Secretário da Segurança, Ricardo Mandarino, repudia ação criminosa. Com indicativo de autoria, a Polícia Civil da Bahia, por meio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) avança nas apurações da autoria e da motivação das mortes de Bruno Barros da Silva e Yan Barros da Silva, ocorridas no bairro da Polêmica, na última segunda-feira (26).

Após coletar novas imagens do circuito de câmeras de vigilância, de um supermercado, no bairro da Amaralina, na terça-feira (4), o DHPP analisa os vídeos e a Coordenação de Perícia em Audiovisuais do Departamento de Polícia Técnica (DPT) realiza perícia no material. Laudos cadavéricos e periciais do local do fato complementarão as investigações.

A delegada-geral Heloísa Campos de Brito acompanha as investigações e pontua a devida aplicação da legislação penal. “Cada desdobramento do DHPP sobre este caso é acompanhado por mim. Todos os envolvidos com este crime serão responsabilizados, sejam eles quem forem, no rigor da Lei”, afirmou.

De acordo com a diretora do DHPP, delegada Andrea Ribeiro, mais de 10 pessoas já foram ouvidas. “Seguimos com desdobramentos das apurações, para a identificação e localização dos autores”, afirmou. Outras providências não podem ser reveladas para não atrapalhar as investigações.

Leia mais


Comentários:

Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.