Polícia

PM que foi sequestrado tem corpo encontrado

Dorgivaldo Félix foi sequestrado no último sábado (2)

PM que foi sequestrado tem corpo encontrado
Foto: Arquivo Pessoal

O sequestro do policial militar da reserva Dorgivaldo Félix dos Santos, de 54 anos, é carregado de mistério. O PM estava construindo um restaurante com dois amigos, no bairro do Cassange, quando foi surpreendido por quatro homens encapuzados que o sequestraram na tarde de sábado (2) e desde então, não foi mais visto.

Um dos sequestradores chegou a mandar os três deitarem no chão. Ele perguntou quem seria o policial e Dorgivaldo logo foi identificado pelo bandido, sendo, logo em seguida, levado com os braços algemados em um carro da marca Nissan logo em seguida.

Na tarde desta terça-feira (5), o corpo do policial foi encontrado em avançado estado de decomposição, com marcas de tiros e facadas. Tudo indica que o homem foi torturado. O cadáver foi achado na região do bairro onde ele foi capturado, atrás do Ceasa.

A história, apesar de misteriosa, possui suas especulações. O militar inclusive, foi investigado por suspeita de fazer parte da milícia. A informação foi dada diretamente ao Bahia 190, por uma fonte da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA). O PM, contudo, já provou sua inocência.

Uma das especulações citadas, seria de que os próprios sequestradores também estão interligados à milícia, portanto, o sequestro seria um “acerto de contas”.

A informação sobre os sequestradores, contudo, não foi confirmada, nem divulgada pelas polícias Civil e Militar e não se sabe se é uma possibilidade na linha de investigação.


Comentários:

Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.