Polícia

Polícia Civil desarticula quadrilha de assaltantes de motoristas de aplicativo

Grupo criminoso era liderado por mulher cadeirante

Polícia Civil desarticula quadrilha de assaltantes de motoristas de aplicativo
Foto: Divulgação/SSP

Liderada por uma mulher cadeirante, uma quadrilha de assaltantes de motoristas de transportes por aplicativo foi desarticulada pelas equipes da 23ª Delegacia Territorial (DT), de Lauro de Freitas. As investigações tiveram início após o latrocínio de Rafael Barbosa Souza, de 33 anos, ocorrido em 29 de dezembro do ano passado, após aceitar uma corrida do bairro de Vida Nova para o centro daquela cidade.

Em março deste ano, um homem e uma mulher com deficiência foram presos por equipes da delegacia. Segundo o titular da 23ª DT / Lauro de Freitas, delegado Joelson Reis, o grupo formado por dois casais roubava veículos e pertences dos motoristas em Salvador, Região Metropolitana e algumas cidades do interior. Na terça-feira (4), a unidade levantou novas informações que podem levar a prisão de dois integrantes da quadrilha, que ainda estão foragidos.

“Logo no início de março prendemos o autor do disparo que resultou na morte de Rafael Barbosa. Em seguida, no dia 24 do mesmo mês, prendemos a mulher cadeirante. Ela era a líder do grupo. Era quem planejava tudo e dava a voz de assalto. Também se aproveitava da sua deficiência física para não levantar suspeita”, detalhou.

Os quatro integrantes do grupo estão com prisões preventivas decretadas. “Acompanhamos quatro ocorrências registradas contra esse grupo. As vítimas os reconheceram. Infelizmente Rafael Barbosa acelerou o veículo quando recebeu a voz de assalto e foi atingido pelo disparo”, complementou.

Equipes da 23ª DT / Lauro de Freitas seguem com as investigações para a localização dos foragidos. Quem tiver informações, pode denunciar, sem precisar se identificar, pelo Disque Denúncia da SSP, no 3235-0000 ou 181 para quem estiver no interior e nos contatos da 23ª DT/Lauro, no (71) 3288-8910 / 8768 e o 99631-6891.


Comentários:

Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.