Polícia

PF cumpre mandados de prisão em ação contra fraudes em benefícios emergenciais na Bahia

Fraudes causaram um prejuízo de R$ 60.600 aos cofres públicos

PF cumpre mandados de prisão em ação contra fraudes em benefícios emergenciais na Bahia
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Polícia Federal cumpriu, na manhã desta quinta-feira (17), em Salvador, dois mandados de prisão temporária e outros quatro de busca e apreensão em uma operação de combate às fraudes em benefícios emergenciais.

Segundo a PF, os mandados estão vinculados a três inquéritos que investigam fraudes em, ao menos, 98 contas que causaram um prejuízo de R$ 60.600 aos cofres públicos. Esse montante pode ser ainda maior, já que a análise de valores foi feita em um período de oito dias.

A operação “Sexta Parcela” se iniciou para recuperar esses valores. A ação policial já bloqueou R$ 410 mil por determinação judicial. Além dessa operação, outras 98 já foram feitas pela PF para combater fraudes em benefícios emergenciais. Em um dos casos, uma organização criminosa gerou um prejuízo de R$ 580 mil aos cofres públicos.

A operação, denominada Sexta Parcela, foi iniciada para recuperar os valores fraudados. Outros 31 mandados de busca, um de prisão preventiva e 12 de sequestro de bens são cumpridos no Maranhão, Minas Gerais, Paraná, Rondônia, Roraima e São Paulo.

As investigações são feitas a partir da Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial (EIAFAE). Participam dela a Polícia Federal, Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, CAIXA, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União.


Comentários:

Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.