Polícia

Pai de menina abusada por 3 homens ao mesmo tempo luta para manter criminosos presos

Estupros aconteciam com consentimento da mãe

Pai de menina abusada por 3 homens ao mesmo tempo luta para manter criminosos presos
Foto: Ascom PC

O pai de uma menina de oito anos que foi abusada sexualmente durante cerca de quatro anos pelo padrasto, pelo ex-marido da avó e pelo tio-avô, com o consentimento da mães, está lutando para manter os quatro envolvidos ainda presos. Eles foram presos na última sexta-feira (16), em Santo Amaro e em Salvador, durante a Operação policial Anjo Liberto, que visou combater crimes contra crianças e adolescentes.

Nesta segunda-feira (19), ao programa Balanço Geral, o pai contou que tentou entrar em contato com a filha durante anos após se separar da mãe dela, mas só conseguiu retomar o vínculo quando a ex entregou um papel que dizia passar a guarda da menina para ele. “Devolveu a criança como se fosse lixo”, ele afirmou.

Com a menina, o pai notou que ela tinha um comportamento estranho, se tocando inapropriadamente. Após insistir em uma conversa, a criança relatou que foi abusada, chegando a desmaiar após ser estuprada no mesmo dia pelos três homens. Ele prestou queixa na delegacia no último mês de abril e a menina passou por exame de corpo de delito.

“Esses monstros fizeram isso com o consentimento da mãe, que presenciou os abusos várias vezes e não denunciou, além de não me procurar. Agora tão alegando que são inocentes. Quero que a Justiça seja feita e eles continuem presos. Minha filha só não me contou antes todos os abusos e sofrimento que passou porque era ameaçada de morte. Foram 11 páginas de um relato muito chocante para a polícia. Eles chegaram a tirar foto e filmar a minha filha”, disse o pai.


Comentários:

Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.