Polícia

Jovem de 20 anos é executada após ter casa invadida por homens encapuzados

Amiga acredita que vítima foi morta por homofobia

Jovem de 20 anos é executada após ter casa invadida por homens encapuzados
Foto: Reprodução/Instagram

Uma jovem de 20 anos teve a casa invadida e foi morta a tiros no bairro de Gravatá, em Camaçari, região metropolitana de Salvador (RMS). O caso aconteceu na madrugada de quarta-feira (15).

A vítima, identificada como Camury Rosa de Jesus Amorim, foi surpreendida por três homens encapuzados, que invadiram sua residência na Rua Vênus II e atiraram contra ela. Após o crime, o grupo fugiu do local.

De acordo com uma amiga de Camury, a jovem pode ter sido vítima de homofobia, mas a Polícia Civil não confirmou se essa é a linha de investigação.

O Departamento de Polícia Técnica (DPT) esteve no local para fazer a perícia e remoção do corpo. O caso está sendo investigado pela 18ª delegacia de Camaçari.


Comentários:

Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.