Polícia

Após fugir de ex por janela de apartamento, dançarina denuncia violência e ameaças

Agressor já chegou a colocar faca no pescoço da vítima, além de queimar roupas e livros

Após fugir de ex por janela de apartamento, dançarina denuncia violência e ameaças
Foto: Imagem ilustrativa

Uma dançarina contou, nesta quarta-feira (5), em entrevista ao programa da Record TV Itapoan, Balanço Geral, que denunciou o ex-namorado por violência doméstica e ameaça de morte. Ela prestou queixa no último sábado (1º) após fugir do agressor pela janela do apartamento dele, no Alto de Ondina, em Salvador.

A pole dance Gisele Felix contou que quase foi morta por ele e chegou a ser acolhida pela mãe e irmã do agressor até a chegada da polícia. Ao programa, a dançarina ainda disse que durante a pandemia, ficou pelo menos três meses na casa do namorado, onde sofreu terror psicológico, tendo até mesmo seu Instagram hackeado pelo homem, roupas e livros queimados, celular jogado diversas vezes no chão, além de ataques de fúria do suspeito contra ela.

Na última agressão, o homem teria ainda colado uma faca no pescoço da jovem, dando pancadas na cabeça e aplicando um golpe conhecido como mata-leão.

“Estou fugindo após ele quase me matar no último sábado. Estou me escondendo de casa em casa, usando roupas de outras pessoas, devido às ameaças dele. Tenho medo de morrer”, explicou a mulher. A dançarina também afirmou que reuniu provas para denunciar o ex. Ele foi intimado e, agora, deverá ser ouvido pela delegada responsável pelo caso. 


Comentários:

Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.